Faca no dente! Selva!

Escola para os filhos: está aí uma coisa que me deixa louca aqui no Vale do Silício. Se cada filho traz uma preocupação diferente e quanto maior o filho maior o problema…vocês podem entender porque eu ando escrevendo tão raramente rs! Meus filhos estão crescendo; 5, 14 e 16 anos!

Quando a gente tem um bebê, sofre porque tem um bebê! Chega lá pelos 8 meses (ou antes, muito antes galera!) você, a  glamorosa ‘stay-home-mom’ está a beira do desespero por um ‘break‘. Você acorda um dia, atordoada, deixa as culpas todas debaixo do travesseiro, cata o bebê e sai a procura de um ‘daycare‘, uma escolinha. Você faz a via-sacra e volta desolada com um bebê cansado, um carro zoado, e lagriminha nos olhos – nos seus olhos!

‘Sorry honey! We have a waiting list of one year. You should have enrolled him/her when you were expecting, that is what most mothers do.’ (‘Desculpa meu amor! Nossa lista de espera é de um ano. Você deveria te-lo registrado quando estava grávida, isso é o que a maioria das mães fazem.’) -diz a diretora da escolinha vencedora da tua minuciosa e hiper detalhada listinha!

Bem, passa um ano, dois, enfim, um dia você consegue uma escolinha. Seria provavelmente, mais fácil, ter encontrado uma vaga de emprego do que uma vaga na bendita escolinha!

Você pensa que vai ter um descanso! kkkkkkkkkkkk bobinha! Sabe nada! Você vai é entrar na era do ‘voluntariado’. Você vai fazer cookies de coraçãozinho para o Valentine´s, pratos para a festinha da Páscoa, vai se sentir na obrigação de comprar sacolas horrorosas para ajudar o ‘fundraising’ da escola do seu filho, ou, comprar essas ‘Sees Candy’s’ fuleiras, ou um livrinho da Scholastics que nunca acertam nas entregas. Você vai voluntariar para fazer massinha com farinha e sal na sala do seu filho, ou para ensinar algo ‘diferente’, ou para dirigi-los ao zoológico! Enfim, oportunidades é que não vão te faltar!

Elementary School!  A partir daqui você não decide mais nada amiga. Esquece aquela casa moderninha, com um quintalzinho, 4 quartos…esquece! Você vai morar onde a escola é boa. Aperta toda a família numa casinha (de madeira) e reza para que a escola seja ‘boa’ de verdade. ‘Voluntária’ is your middle name rs! O tal bullying começa; você pega leve, aconselha seu filho e seguem em frente. Bem vinda ao mundo da ‘homework'(licao), das ‘notas’ e ‘labels'(rótulos) – Teu filho está na matemática avançada ou não? Não? Tá sofrendo ‘bullying’ pois pode estar sendo chamado de: ‘dumb one’ (o tonto/burrão), ‘dumb lane’ e por aí vai. E você? Na luta! Unhas e dentes!

Middle School! A pior fase! Pronto, agora o bullying e super real, os rótulos também. Homework virou o inimigo número 1 da família rs! ‘Voluntária’ não é mais seu ‘middle name’ mas o seu NOME mesmo! Não interessa se você trabalha full-time ou não. Dá seus pulos aí minha amiga! Esportes: não tem nada de lazer…é competitivo e pronto. Entrou no time, entrou, nao entrou; dançou! Vai ter que treinar por fora ($) e tentar entrar no time no ano que vem; ‘boa sorte’. Então você tem em casa: uma criança na puberdade, atolada de responsabilidades as quais ela mal pode dar conta. Bem-vinda a era da ‘ansiedade’ em suas formas mais diversas. Você, o que faz? Luta, luta, mata um leão por dia! Não deixa a cultura local derrubar o teu filho!

O colegial! Que coisa linda! Você pensa assim: essa área onde moro é boa então o colégio é bom (sqn)! Você sai procurando um colégio para o seu teen. Daí percebe que: as escolas Católicas são muito boas e o precinho e um pouco mais acessível (Harker $45K por ano). Porém, contudo, todavia…você tem que entrar num processo bem complicado! Teu teen tem que se preparar (fazer aulas particulares, testes online, etc) para um teste escrito de 3 ou 4 horas. Voce (sim, você) tem que preencher uns 9 formulários online, por escola – geralmente, se escolhe pelo menos umas três escolas. Multiplica aí o teu trabalho!

Um belo dia em Março, após as 17hrs, as escolas divulgam via email se seu teen foi admitido ou não . Imagina a tensão nesse tal dia? A choradeira, o desencanto, o desespero de quem não entra em nenhuma? E o Instagram bombando? -para piorar a vida de quem nao entrou 😦 Os teens postam uma foto do email recebido das escolas e escrevem: ‘Class of 2020’ ou ‘Proud Monarch!’ (Mitty High School) ou ‘Proud Panther!’ (Presentation High School – girls) e por aí vai!

clara notre dame

Aqui em casa tivemos muito choro, pois ela primeiro soube da escola que não entrou. Quando eu ía fazer as malas e me mudar do Vale rs chega o email acima!  Gente, sufoco total esse negócio, affee! Por tudo que a minha filha enfrentou na ‘middle school’; bullying e assédio, essa semana foi pura vitoria! Sou uma ‘proud mama’ (mãe orgulhosa) me sinto o Rambo da história 😉 Me rasguei lutando muito junto a ela, por sua saúde emocional, por seus interesses, seu futuro. Fiz demais, fiz de menos, fiz o que me parecia certo nas circunstâncias em que nos encontravamos.

Havia dias em que eu sentia estar sendo puxada por todos as extremidades do meu corpo! Era o pequeno exigindo minha atenção, eu com o pé na cozinha na obrigação de produzir uma janta nutritiva, a de 14 anos estressando sobre as escolas, a primogênita estressando sobre o tal vestido para o Prom! Meu marido querendo ser meu marido! Eu não tinha mais o que ceder, o que falar, o que doar de mim. Fiquei louca! Queria mesmo era mandar todos…rs sqn!

Socorro! Cade eu!? Quem sou eu!? Onde estou?! O queeee? Quando esse povo todo me aconteceu rs?! Eu tive situações de delírio onde eu tinha 26 anos e dizia NÃO ao meu marido kkkkk ‘Não’ a vida globalizada! Mas, daí me vi sozinha. Sozinha.

Hoje, escrevendo, sinto um pequeno alívio. Também sinto que posso dar um basta. Assim sugeri o tema para o nosso próximo encontro do Cafe com Abraco: Cafe ‘Basta’! O interessante é que muitas mulheres ao meu redor tambem sentem-se assim: basta! Basta desse estilo de vida estressada, basta dessa competição entre as mulheres, crianças, pais, mães! Basta de bullying! Basta de ver tudo pelo avesso e não poder fazer nada.

Qual é o seu ‘basta’!? Vamos mudar essa história?!

steve jobs crazy enough

Creio que somente os loucos pensam que podem mudar o mundo. E são exatamente esses quem fazem a diferença, pois foram loucos o suficiente para acreditarem que podem!

Quem vem?!

Café com Abraço apresenta: CAFÉ BASTA!  (Café NO MORE!)

Onde!? Testarossa Winery – 300 College Ave, Los Gatos, CA 95030

Quando!? Domingo, dia 20 de marco

Que horas!? As 14hrs

Estilo piquenique: traga algo (simples) para dividir. Mais informacoes: no nosso grupo Facebook Cafe com Abraco.

‘Tudo vale a pena quando a alma não e pequena.’

Aquele abraçoooo!

Adri xxx