🎵 All by myself 🎵

Marido viaja a negocios, voce fica em casa com os filhos, rezando para ninguem ficar doente, pelo menos!

Mas claro, nao so o meu pequeno fica doente como eu tambem! E adianta sentir-se doente?! A vozinha da sociedade maledeta e machista ja vem a tua cabeca: ‘mae nao fica doente’. Pronto! So que fica viu? Voce nao tem superpoderes, nao tem rs! 

Alem de morar no exterior, eu fiz o favor a mim mesma, de ter uma ‘gap’ enorme entre as meninas e o irmaozinho – em casa temos teens e toddler: 16, 13 e 4 aninhos. Isso significa que, se voce mora aqui no Vale do Silicio, por exemplo, nao tem ‘yellow bus’ muito menos perueiro rs, voce e a motorista da familia. Entao, nao importa se o pequeno esta doente, ele tem que sentar na cadeirinha e fazer a via sacra do dia.

Minhas manhas? Sao lindas! 3 lancheiras, 3 escolas diferentes, 3 necessidades completamente a parte umas das outras. E quando o marido viaja: 1 so adulto. E de ficar loucaaaaaaaaaa!

Mae perde a cabeca

Durante a semana passada a rotina matinal foi: lancheiras, cafe da manha, antibiotico, cortisol, inalacao para o pequeno 😦  Entro no carro, igual uma mulamba – o pequeno na cadeirinha, com um cobertorzinho jogado em cima dele e de pijamas, claro! No meio do caminho, meu filho comeca a dizer que tem que fazer um numero 2! A irma comeca dar xilique no carro dizendo que eu nao posso parar, porque ela tem prova na primeira aula! Ele segura ate chegar na escola dela. Eu tenho que descer do carro ‘daquele jeito’ – aka sem sutia! E entrar no colegio para usar o banheiro. Queria morrer!

Chega uma noite depois da inalacao com albuterol, Mateus fica doidao! Estamos na cama, hora de dormir e o meu filho liga no 220! Ele pula na cama, vira cambalhotas, fala sem parar. Minha mais velha para de fazer licao e decide se juntar a ele! Ela rola na cama e ri muito com ele; vira pra mim e diz:

-Mae, e assim que a pessoa fica quando usa drogas?!

-Ai meu Jesus amadooooooooo! Naooooooooo! Nao! Nao!

Eu mando a mais velha de volta para o seu quarto e tento acalma-lo, canto ‘nana nene’ e ele quer saber ‘quando que a cuca vem pegar?’ rs! Gente, estava impossivel o negocio rs! De repente, quando ele para um pouquinho, ele poe a mao no coracao e diz:

-Ai, aqui ta doendo!Ta doendo muito!

Eu gelei, minhas pernas tremulas, aquela dor de barriga…digo assim:

-Espera um pouquinho mamae vai ligar para Juliana – nossa vizinha que e enfermeira, gracas a Deus!- e ela vai me dar um remedinho para parar de doer ok!?

Foram segundos onde pensei que EU ia morrer…Ele estava me dizendo que estava com dor no coracao, ele so tem 4 anos. Imediatamente associei ao Albuterol mas nao sabia ‘como’ nem ‘por que’, so levemente havia lido que acelerava o batimento cardiaco. Que medoooooooooooooo!

Foi quando minha vizinha me explicou pelo telefone que era uma taquicardia, que era ‘normal’ devido ao albuterol, e que eu devia abraca-lo, acalma-lo, andar um pouquinho no jardim com ele e ia passar.

Eu estava apavorada. Eu estava sozinha. Eu nao tinha outro adulto para dividir meu panico, meus medos…Eu nao podia ligar para as minhas irmas no Brasil, ou para minha mae…pois ja era muito tarde la, todos estariam no decimo sono. Buahhhhh! Opa, mas eu tambem nao podia chorar!

Andei com ele no quintal, peguei no colo um pouquinho, mostrei a lua, o ceu, as estrelas…e voltamos para a cama…depois de uns 30 minutos ele dormiu e eu desmaiei na cama com ele…esquecendo das teens! Foi quando as 3 da manha eu pulo da cama tipo: onde estou rs?! E vou checar minhas filhas em seus quartos…

A mais velha…dormindo sentada em sua cama, quase em cima do pc, cheia de livros e papeladas de licao de casa ao seu redor…ai que dozinha me deu! Coloquei-a na cama direitinho, a beijei, e disse o que sempre digo desde quando ela nasceu:

-Durma com Deus e sonhe com os anjinhos! – so assim considero o meu dia, um dia acabado rs!

A de 13 anos estava dormindo, porem o celular estava ao seu lado 😦 Removi o celular a seu devido lugar noturno – na cozinha, bem longe dela, recarregando! Beijei, e ‘durma com Deus e sonhe com os anjinhos’.

Retornei ao meu quarto e me deitei ao lado do meu filhinho, dei-lhe um beijinho na testa e me assustei! O menino estava frio! Eu mexi em seus bracinhos e ele nao acordou…chacoalhei e chamei seu nome e ele …nada! Chacoalhei igual louca e gritei ‘MATEUS’! – juro que meu coracao esta a mil so de contar esse episodio rs! Ele acordou, eu o beijei e disse:

-Durma com Deus e sonhe com os anjinhos! Meu Deus do ceu, obrigada, pois estao todos aqui comigo, dai-nos saude, e tudo que lhe peco. Amem!

Amo ser mae de tres! Mas sou realista; ser mae nao e para as fracas rs…Eu suei a camisa essa semana passada! Alguem ai pensando em ter mais que um filho? Serio?!?! rs!

Adri xxx keeping it real!

Advertisements

2 thoughts on “🎵 All by myself 🎵

    1. Obrigada Mara! No caso dele precisava medicamento, uma pena. Justo eu que so dou remedio em ultimo caso, fui me deparar com esse albuterol; espero nao ter que usar de novo 😉

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s