A bendita da Gratidao…

Quem nao tem momentos de furia? De desolacao? De desespero de causa?!

Quem nao chega a um ponto no qual diz: Chegaaaaa!!! Nao aguento mais! Voces estao acabando comigoooo!

Mas e quando voce tem filhos? E nao pode engoli-los de volta?! E quando voce quer dar um berro no meio do caos e nao pode? Voce implode por dentro rs?!

Voce vai a casa daquela amiga genial(se voce esta deste lado do Oceano), aquela pessoa do bem, que tambem tem os mesmos dilemas (?!) que voce…voce passa o dia com a amiga e os filhos – e rola de tudo:

200 papos pela metade! – isso e se voce tem sorte de chegar a metade do assunto!

varias ideais de refeicoes fantasticas que voces ‘iriam’ fazer juntas, so que nao acontecem rs fica tudo no sanduba natural, frutas frescas, esta valendo 😉

as criancas brincam super bem mas te chamam ‘n’ vezes para mostrar o mais novo modelinho de lego que inventaram, ou para limpar o bumbum; pois rolou um ‘number 2’ rs!

ou melhor: uma das criancas vem perto de voces mostrando o dedinho indicador com coco…dai voces correm la fora e veem que o pequeno teve um ‘acidente’ pelo quintal e que; uma das criancas pisou no acidente e carimbou a casa e a outra, bem a outra veio te informar do ocorrido e, com provas em maos, literalmente!rs!

Em meio a brincadeiras, desastres, confissoes, choros e muitas risadas, acontece o ‘play-date’ entre amigas maes e seus filhos. Um lado comum na vida da ‘stay@home-mom’ aqui nos EUA.

Hoje foi precioso; voltei ao meu ‘eu pacifico’; pois em meio a um desabafo de mae:

‘-Eu me sinto como uma escrava, eu nao existo, eu nao tenho tempo para nada! Nao existe ‘eu’ coisa nenhuma, somente ‘eles’! Maternidade nao e justaaaa!’

Uma boa amiga te diz:

-Mas tem saida, tem solucao, voce pode voltar a trabalhar, voce pode por seu filho na escolinha todos os dias. Mas, e isso que voce quer, voce esta preparada? Nao e isso que voce quer, eu sei, eu te conheco! O duro para nos e que so temos nos: o marido, os filhos, nos! Nao tem familia, nao tem ajuda, os nossos maridos tambem sao ‘escravisados’ rs! Nao adianta!’ – Se correr o bicho pega se ficar o bicho come!

Naquele momento, nossos filhos passando pela sala, com brinquedos de madeira nas maos, felizes, curtindo muito aquela tarde ensolarada em plena California, num lugar muito seguro, privilegiado

Eu senti uma enorme gratidao por essa tarde. Quantas maes gostariam de ter uma tarde dessas…foi quase que bucolica rs – (minus the poop!)

Quem sou eu hoje, ou amanha ou depois para reclamar da minha vida? Quem sou eu? Eu sou uma de voces, que viu a foto do menininho Sirio, de 3 aninhos, que nao conseguiu chegar a seu destino, sao e salvo com sua familia…nem ele, nem seu irmaozinho, nem sua mae.

Se fosse tudo simples como ao olhar de uma crianca: moramos todos no planeta Terra, ele pertence a todos nos, ninguem e ‘foreigner/estrangeiro’ pois somos todos ‘donos’ e ‘responsaveis’ por esse planeta, essa terra…nao precisamos assistir gente como a gente ‘morrer na praia’, podemos ir ao encontro delas com as maos estendidas. Nao precisariamos assistir a morte; dariamos chance a vida.

Art by Banksy

Triste. Deus meu, console essas familias. Deus meu, tenha piedade da raca humana com seus atos desumanos.

Links para ajudar os refugiados clique aqui 🙂 ou aqui 😉 Nao vao dizer que nao lhes dei opcoes rs! Fiquem com Deus, com o Deus do amor; amor ao proximo.

Amem.

Adri xxx

*artwork: Banksy

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s