Afinal, quem eh o seu ‘baby’?

Quem eh o seu ‘baby’? Seu filho mais novo? Seu cachorro? Seu gato? Sua filha do meio que estah entre a mais velha e o mais novo? Ela eh a baby girl…Ou, talvez seu ‘baby’ seja o seu marido…rs! (It is often the case).

Li um texto num blog sobre ‘seu ultimo filho, seu baby’. O texto me fez simplesmente confirmar o que jah era inevitavel…a dor no coracao – e o grande alivio rs – de ver o nosso baby crescer, deixar de ser tao dependente, sair das fraldas, largar chupeta, chocalhos, mamadeira, sip cups…Imaginem entrar no banheiro e nao ter mais nenhum ‘bath toy’!? Deve ser horrivel rs! Nao, eu nao quero nem pensar nisso! E nao ter mais ninguem para colocar de ‘time out’rs?!

Hoje, sou ciente que sou uma mae diferente da qual fui para as minhas duas filhas…Nao me arrependo de muitas coisas rs! Tive o privilegio de poder brincar muito com minhas meninas; fui princesa, bailarina, vila, Emilia e ateh Dona Carochinha rs! Mas agora, eu estou muito consciente de que o nosso Mateus eh o meu ultimo baby…Que cada fase que se encerra de sua doce e linda vida eh uma fase que jamais retornarah na minha vida…e eu SEI disso. As roupinhas dele eu nao guardarei para o proximo, porque nao haverah proximo (bate na madeira amiga rs!), seus brinquedinhos vao para doacao…eu nao brincarei mais com Legos, trenzinho, ou de super-heroi. Nunca mais…a nao ser que eu endoideca!

Mas, quer saber de um fato ainda mais assustador e ‘heartbreaking’ de que o acima?!?

Eu soh tenho mais 3 aninhos para preparar minha filha mais velha para o mundo…depois disso ela ira embora e provavelmente, nao voltarah para sua casa, para o seu quarto. Este estarah vazio, sem sua bagunca, sem sua presenca…Seus pertences estarao lah…sua cama, seu closet…esperando anciosamente que ela retorne nas ferias da faculdade, ou no Natal.

Para isso nao tem como se preparar, tem? Como pais, fazemos das tripas o coracao rs para preparar os filhos para o mundo, enquanto nos, os pais, seguimos crus e despreparados para a inevitavel, porem, necessaria: separacao.

Tudo isso me traz a cada dia mais a certeza de que retomar a minha carreira nao eh soh necessario mas…saudavel 😉 O dia estah chegando!

poweranger2014
Adri xxx

Advertisements

Revisiting Adri

You know when you buy this outfit and you love it? Then, a few months go by and one day, you look at a picture of yourself in that once favourite outfit of yours? Which by the way, you thought made you look great…but you now think it is absolutely hideous and really sucks!?!

Same thing goes with writing…at the time of writing it made total sense. Then you revisit some texts, pages, articles and think: What the heck?! Emotions are not as true now as they were then. No wonder! Motherhood is a roller-coaster! And, no, I am not talking about all my posts: just the whining ones!

And by the way, isn’t it like that in life, in general? In our perception of the world and of ourselves? We change.

Truth is; it came as extremely sad news that one of our acquaintances’ child (same age as our Mateus, 3), has leukemia and is under treatment. It came as a shock to all of us. We are hopeful and joined in prayers. But, a mother cannot stop thinking of a mother going through this heartache.
Problems? Do you have any? Maybe you do… I just realized I have none.
One has to keep things into perspective, always.
Adri xxx