Crescer

Foi ao ver uma foto, estampada no facebook de um primo, que fiquei imersa na repentina tristeza, na infinita incompreensao, e inundada indagacao; tudo isso em fracoes de segundos…aqui, sentada na poltrona da sala…olhando ao meu lado, meu filhinho brincar com caminhoezinhos…e pedir ao meu marido para irem ‘pescar’…Meu pai tambem gostava de pescar! Os tres juntos…que sonho seria!

“Nao ha cura para o nascimento e a morte, salvo desfrutar o intervalo.’ George Santayana.

Photo: Album de familia

Se voce perguntar a qualquer brasileiro que vive no exterior: Qual eh o seu maior medo? A resposta: Perder um pai, uma mae, um irmao, uma pessoa muito querida…lah no Brasil…nao ‘conseguir chegar a tempo…’.

Todos nos sabemos que uma coisa eh certa nessa vida: a morte. Mas, quem quer falar sobre isso? Ninguem. Tampouco eu!

Nos nascemos numa determinada familia, mas isso nao significa que ficaremos plantados nela para todo o sempre. Em nossa ausencia, outros membros assumirao lugares de importancia, de decisao, outros titulos rs (minha irma do meio, por exemplo virou a ‘mais velha’ lah no Brasil, rs sorry sister!).

Longe da nossa patria, formamos outras ‘familias’, e em todo lugar por onde passamos; deixamos algo de bom (hopefully ;). Em seus novos grupos de relacionamento, voce poderah encontrar um ‘melhor amigo’, uma ‘irma’, um ‘irmao’, um ‘pai’, ou uma ‘maezinha’, talvez uma ‘vozinha’ para seus filhos, talvez nao. Mas, voce sempre encontrarah alguem que valha a pena. Sempre.

Tambem quando voce se casa, ganha uma familia; a do seu marido. Quer queira, ou nao! rs! E, eu te digo: queira sim! Releve, entenda, seja multicultural! Voce jah (talvez) nao tenha o vovo, e a vovo aqui para seus filhos, entao, ‘come on’ ponha em pratica sua sabedoria e viva em paz e harmonia com ‘grandpa e grandma’. Eles nao tem os mesmos costumes que voce? Que seus pais? Eles fazem panqueca com um kilo de syrup e uma colherona de manteiga em cima e dao para seus filhos? So what!? Uma vez ou outra nao vai matar rs! Vai dizer que tua mae nao tem manias loucas?! rs! Releve! Ha defeitos terriveis em seu sogro? Ame-o, com certeza ele tem qualidades tambem. Quanto tempo ele estara por aqui? Voce sabe? O meu ficou no hospital por 2 meses…saiu diazinhos antes do natal. Um homem dificil, muito dificil. Quando me juntei a minha familia Hungara, tive muitos atritos com ele. Mas, o tempo passou, eu sai da Europa, nossos encontros foram ficando mais escassos e eu, ao decorrer dos anos, passei a entende-lo melhor e aprendi a como lidar com ele. Nagypapa tem sua historia, e eu nao soh aprendi a ouvi-la mas a entende-la de forma que hoje eu sei; nao poderemos muda-la…

Meu pai faleceu e nao tinha sequer completado seus 45 anos. Eu nao cheguei a tempo de nada. Ele havia sido enterrado um dia antes d’eu chegar em Sao Paulo. E que diferenca isso fez? Nenhuma. Mas, a grande diferenca eh que o meu relacionamento com meu pai estava em paz. Ele conviveu um pouco com sua primeira netinha, nossa Julia. E hoje em dia, nos contamos aos outros netos como ele era um cara legal e maluco, que viveu a vida da forma que quis e bem-entendeu, que adorava criancas, vivia com a casa cheia de amigos, fazia o melhor churrasco do mundo, usava rayban e chinelos, teve uma moto, um caminhao e …o resto a gente omite rs!

O vovozinho com nossa Julinha!
O vovozinho com nossa Julinha!

Entao, por que nao fazer o mesmo com os que estao vivos? Vo, voh, grandpa, nogypapa?! Feche os olhos para os pequenos defeitos…abra os olhos para as pequenas vitorias, para as qualidades, mostrando aos nossos filhos a beleza da familia, longe ou nao, somos familia; multicultural, rica e imperfeita, claro 😉

Ao ver uma foto do meu pai, ainda muito jovem, hoje eu chorei muito. Eu me senti mal, como uma traidora… Por um bom momento eu pensei: nascemos numa familia e talvez, nossa missao seria permanecermos nela, ajudando um ao outro. Ficar junto na dor e na doenca…na alegria e na tristeza. Meu coracao doia ao pensar na minha mae, mulher tao forte, que sorri e eh positiva o tempo todo, porem, nao teve a oportunidade de envelhecer ao lado do grande amor de sua vida. E eu nem estou lah do lado dela. Mas, dai me veio a luz rs! Minha propria mae sempre fala: ‘Voce cria os filhos para o mundo‘! E eu pensei: ‘Sim, mae, a senhora me criou para o mundo. E eu estou fazendo a minha parte, no mundo.’ Eu espero que esteja, sinceramente, podendo fazer uma milesima diferenca, nesse mundo. Porque a dor da separacao eh, e sempre serah muito grande.

Somente nos olhos do meu marido que sinto que estou fazendo a coisa certa. Nos olhos e nos sorrisos dos meus filhos, eu encontro a felicidade completa. Em meio a um olhar e outro eu carrego toda minha familia, no meu coracao. Sempre.

Que 2014 seja um ano de muita harmonia, paz, amor, saude plena e passagens aereas mais baratas!!! Afinal, como eh que vamos mostrar o mundo aos nossos filhos?!rs!

Adri xxx

Advertisements

Aquele momento insano!

Sabe aquele momento insano quando voce quer procurar um emprego ‘full time’ soh para ter uma ‘tempinho’ para si?! Entao, esse! Sao 3:15 de la matina e eu aqui. Por que? Porque sou insana! rs!

Ontem, foi um daqueles dias em que voce eh mae (de tres) mas seu fisico e psicologico nao colabora! Seu toddler nao para de falar ‘mommy’ o dia inteirinho e cada vez que ele te chama voce tem aquele impulso de sair correndo pelada na rua, arrancando os cabelos! rs!

Dai, voce ve um cachorro perdido na frente da sua casa…voce pega seu cel e tira uma foto do caozinho, posta na sua ‘neighbourhood net’ e fica feliz com sua boa acao (pura divergencia: de socorro me da um emprego para acao comunitaria). Enfim, seu filhinho quer ver o cachorro, berra, esperneia, estah frio, mas voce no impeto ‘cata ‘ o menino, o caminhaozinho, a aranha de plastico e a chave de fenda (Coneccao? Nenhuma! Ele quer levar tudo consigo!) e desembesta pela porta da frente. O caozinho nao estah mais lah…opa…estah sim, opa…estah vindo em nossa direcao…opa…eh um PITBULL, mae de Deus ele esta correndo e latindo em nossa direcao!!!!!!!! Cata o moleque, esquece a aranha, o caminhaozinho, a chave de fenda voce pega pra ‘tacar’ na cabeca do cao infeliz que estah ameacando te pegar, nessa sua manha, de cao! rs!

Aff! Ninguem merece! rs! Enfim, e assim correu meu dia, entre: Ai, que bencao, sou mae! E, ai que desespero, sou mae! rs! Chega a hora de nanar…marido exausto e trabalhando, vai euzinha mesmo colocar o meu fofo (ele eh fofo, lindo, e a paixaozinha das nossas vidas rs!) pra dormir…

Bom, para encurtar a historia, eu dormi tambem, de jeans, jaqueta, sem escovar dentes, sem tomar banho, sem direito ao tal ‘tempinho pra mim’ rs.

Por isso acordei agora, escovei os dentes, coloquei pijama (banho ficara para daqui umas 3 hrs rs!) e vim blogar. Blogar por que? Sei lah eu! Porque sou mae full time, porque sou insana, porque sou feliz porque tenho meus filhos todos aqui comigo, dormindo, saudaveis e de barriguinhas cheias.

‘Papai do ceu, muito obrigada, por mais um dia de mae…que hoje esse dia seja mais tranquilo e que eu possa tomar banho.’ Amem!

Acho que hoje o dia serah bem mais facil, nao eh? Baixar minhas expectativas mais que isso, ficarah meio dificil kkkkkkkkkkkkkkkk!

Bom dia! Vou dormir 😉

Frases para Facebook Filho, um amor sem explicação

Adri xxx

Brussels Sprouts

Two days before Thanksgiving and she manages to book their little family holiday. Happiness! One day before their departure, she is in the kitchen, cleaning brussels sprouts for their dinner; she remembers…

‘Mom, I have an earache…it is really painful’.

‘Ow  no, I’m so sorry, sweetheart; we have to take you to a doctor…(feeling her little daughter’s temperature) you have a fever, too’.

It was freezing cold, snowing, and they did not have their good health insurance anymore. Since they lost their jobs, with the financial crises of 2008, things had taken quite an odd turn…Mom, expecting their 3rd child, and their two girls, living in NY; dad, living and working in the UK. The family could only reunite every other 2 or 3 months, in America.

‘Sorry, we do not take this insurance…’. But you guys can try urgent care, in Fairport, they will see you.’

They arrive at another health clinic, and there is a 2-hour-wait. They wait, and wait, and wait…meanwhile, they call their good friend, who’d invited them to spend Thanksgiving with her family…mom and girls would not be able to make it…

After 1h30′ waiting, the little girl says: ‘Mom, let’s go home, I am okay now!’

‘Are you sure?!’

‘Yes, mom, it is gone!’ Says the little girl with a smile of relief on her pretty face. 

They drive towards home, in the snow. The sky is grey, their mood is grey… They know it is Thanksgiving, they know dad is not home, they know their situation…Silence in the car. Mom cheers up and says:

‘Girls, what are we having for Thanksgiving?! It is 2pm!!! She parks at their local supermarket, and in there, she tells the girls to go ahead and chose some yummy things for their  Thanksgiving meal. They grab an apple pie and whipping cream, apple cider; of course! Desert is the most important part 🙂 Then, a nice piece of ham, some potatoes, bacon, and one of the girls asks for brussels sprouts!

Back home, mom cleans up the brussels sprouts, grill them with some bacon; just as the girls asked for. She knows her husband is not coming home; not for Thanksgiving, not for the weekend, not for quite some time. They eat together, nothing fancy, just a lovely little meal, with some lovely and very strong little girls. Baby gives a big kick as little sister pokes mom’s bump! Brother and sisters start to play this little game; they are all laughing!

A year goes by, it is Thanksgiving again. All the worry about what to do, where to go to… ‘The children are off school, let’s do something! Come on, you are so, so busy with your work, we can never go anywhere! I am tired, I need a break, some place else!’.

Funny thing is, once their trip was booked, it made no sense, no sense at all, for mom, to ‘go somewhere’…exactly as the brussels sprouts had whispered to her:

He is here, you are together, the boy was born perfect. All under the same roof. There is nowhere else to go to. You’ve arrived.’

Sometimes, you forget what really matters. Sometimes, you follow the masses, sometimes, you lose faith, sometimes you fall. Ups and downs in everyone’s lives. Each time you fall and come back up on your two feet; you gained strength and wisdom. Accept this gift, keep it tight and close to you. Share it, too; to give hope to the one’s who think there is no way. Way! 😉

Adri xxx