Era uma vez uma mae num pais diferente…

Era uma vez, uma mae, que estava muito, muito cansada, de cuidar de seu filhinho…Ela nao tinha empregada, morava num lugar bonito e estranho, onde os dias eram ensolarados e as noites eram frias. Sua casinha tinha um piscinao, um jardinzinho cheio de flores: rosas vermelhas, brancas e amarelas, lirios gigantes, azaleas, arvores frutiferas! Era um colorido soh!

Durante o dia, eles passavam a maior parte do tempo lah fora, o menino, peladinho ou soh de cuequinha rs cheio de protetor solar, brincando na grama, na areia – sim, a sua mamae havia comprado uma ‘sand box’ numa ‘garage sale’ por $2! Quanta alegria!

Na hora do almoco, eles faziam piquenique; sentados numas cangas, a sombra da arvore de acacia. Faziam sua refeicao e depois comiam frutas silvestres rs, tomavam sorvete e trocavam beijinhos e abracos! Depois, os dois tiravam um bom cochilo a tarde, juntinhos, abracadinhos! Mamae pensava que estava no paraiso, com aquele menino, de olhos da cor do ceu azul da California!

Ok! Agora rock and roll music!!!!

Mas um belo dia, o menino fez dois aninhos…tan tan tan! E jah nao dormia ‘todas’ as tardes, ficou mais exigente e as vezes ate bruto! Mamae nao ficou surpresa porque esse era seu terceiro filhinho e ela jah havia visto tal transformacao em acao!

Porem, mamae estava ficando velhinha, coitada…com hernia de disco, varizes nas pernas, rugas aparecendo aqui e acola…rs…mas ela ainda era capaz de amar, amar alem dos limites humanos e da estetica feminina! Foi ai entao que ela decidiu pedir ajuda!!! As escolinhas locais! Yes! Suas irmas, que moravam no Brasil, jah usavam esse recurso, e era maravilhoso: as ‘tias’ das escolinhas do Brasil!

Depois de uma longa espera…e nenhuma resposta de vagas nas escolinhas…mamae comecou a se transformar tambem! Oh noooo! Ela berrava, ela esperniava, ela chorava, ela surtava, ela comia chocolate no banheiro, ela enfiava colheradas de nutela na boca quando nao havia ninguem por perto…! E quando ela estava prestes a levar o menino de volta para Maternidade – e olha que ela ia gastar uma grana, soh na passagem de aviao de Cal pra NY! – O milagre aconteceu!!!! Yiiiipiii! Magicamente, as interminaveis listas de espera chegaram ao fim: e mamae tinha agora opcoes!

Mas junto ao milagre veio a praga!!! Uma bruxa malvada jogou uma praga horrivel na mamae: quando a mamae foi, feliz e contente, visitar as escolas ela teve outra transformacao! Ela ficou cega…ohhhh nao! Sim, ceguinha! Nao enxergava um palmo ante o nariz! rs! E quando ela conseguia ver, ela soh via coisas feias! Ohhh no!!!!!! Sim!

Em toda escola que ela entrava, ela nao conseguia ver nada de bom, nada, cega…tadinha! E via coisas assim nas salas das criancas de 2 aninhos: catarro escorrendo e crianca lambendo, professoras com caras de monstros uahahahahaha!!! Professoras hipnotizadas zombis, diretoras feitas de plastico e que haviam engolido um cd! Ah, o olfato da mamae tambem desregulou geral! Ela soh sentia cheiro de xixi em carpetes…yuk! E em uma das cozinhas ela soh via sujeira, sujeira, sujeira…Pobre mamae, ceguinha…

Foi ai entao que mamae e eu, depois de uma dessas visitas sem peh-nem-cabeca, resolvemos parar no parquinho. Ela me empurrou na balanca e eu morria de rir das suas palhacadas, nos fomos voar de aviao e eu ate pedi pro aviao trazer minha prima Moni, lah do Brasil! Nos subimos no trenzinho, eu fui o maquinista e mamae acho que estava de co-pilota apertando os ‘botoes’ no cel dela?! Foi muito divertido! Ai, fomos ao mercado, compramos varias coisas gostosas e mamae jah me deu umas comidinhas e leitinho no carro mesmo, pois ela me conhece bem, e sabia que eu ia cair de sono! Eu nao sei como vai ficar esse meu lance de tantrum, escola, e as transformacoes repentinas da minha mamae…Acho que tudo passa!

E eu meu filho, tambem nao sei! Eu te amo: voce e suas irmas lindas, minha tween e teen, que me deixam pra lah de louca! Mas eu, sou soh humana, eu erro, eu me arrependo, eu aprendo…e assim vamos! Juntinhos, todos nos, em familia. Familia? Qual eh perfeita? Nenhuma. Escola? Qual a perfeita? Nenhuma! Eu quero te deixar? Nao!!! Sim!!! Depende da hora do dia! rsrsrs!

Coracao de mae, vai entender! Vontade de beijar, vontade de esganar rs!

Ter um break eh importante, eu ainda acho a escolinha certa para mim: tem que ser perto de casa, ter professoras estilo ‘tias do Brasil’, lugar limpo e ambiente criativo com muito espaco, soh isso rs!

Boa semana para voces, com ou sem filhos em casa!

Adri xxx

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s