Simplesmente: nu!

Hoje estou esbodegada, pregada, destruida, tudo por causa de uma criancinha de quase 2 anos. Se me perguntarem o que e pior: teens ou toddlers. Minha resposta hoje e: toddlers!!!

Portanto, nao quero falar sobre bebes, toddlers ou teens, quero falar das flores! Ou da anatomia do corpo humano rs! Entao vamos la…era uma vez…

Da minha sala de jantar, tenho a vista do jardim, atraves de janelas de vidro, que pegam a parede toda. Essa paisagem esta ficando cada dia mais linda, com as flores desabrochando, a piscina atras, e eu, quando sento no meu sofa verde bem de frente a essa beleza toda, meio que me teletransporto a minha casa antiga, em Pittsford, NY. Me pego sentada no mesmo sofa verde, olhando atraves das enormes janelas, para uma curva bem aberta, de onde posso ver a casa dos meus vizinhos, lindas cobertas de neve, as arvores branquinhas, o jardim imenso da frente com minhas meninas esperando o ‘yellow school bus’, era lindissimo! Paisagens bizarmente diferentes: California e NY!

Mas nenhuma vista me impressionou tanto quanto uma em Budapeste! Essa ficou gravada na minha memoria, para sempre. Acredito que o elemento surpresa contribuiu bastante para que essa imagem ficasse na minha memoria, de forma tao vivida…

Estava eu na sala do flat da minha cunhada, centro de Budapest. Calor de louco, como sempre faz no verao da Hungria. Bem, ha uma varandinha saindo da sala, atraves de portas grandes de vidro…Minha cunhada mora no quinto andar. Eis que quando olho para fora, e vejo todos os outros predios ao redor, ao lado oposto da rua, reparo um movimento em cima de um dos flats. O flat bem oposto ao nosso…uma visao inedita! Em pleno estilo, ‘na laje’, um senhor, em seus 60 e tantos anos, estendendo sua toalha de praia, no chao e,para isso ele tem suas nadegas viradas e acocoradas para a minha direcao e vejam so, que surpresa, o senhor estava nu em pelo! rs! E o cara ainda comeca a passar protetor solar, tipo, na boa, sem pressa.  Eu, passei por segundos de duvidas sobre minha propria lucidez: eu estou vendo isso, ou eu estou alucinando? Foi quando ele virou de frente… tchan! Deu uma espreguicadona, e deitou-se com a buzanfa para cima, ali, na boa, em plena Budapest downtown, ‘on the roof’, simply, totally, naked!

Depois dessa, minha gente, eu posso morar no Buckingham Palace e ter a vista do St James Park, que nada, nada vai se comparar a vista do ap de Budapest!

California: tu vai ter que fazer muito, mas muito mais mesmo para me impressionar! 😉

Parei! 🙂

Adri xxx

Aqui, la, no final e tudo a mesma coisa rs!

Se voce cre ou nao,
Se eh verdade ou nao eh,
Se foi assim ou nao foi,
Se eh simbolico ou verdadeiro,
Se Jesus eh branco, verde ou amarelo, negro ou cintilante,
O que importa e o ensinamento de como amar:
Amar ao proximo – quando o ‘proximo’ nao e a tua amiga mas sim aquela ‘perua’; pois se voce lhe der uma chance, ou duas , ou dez rs, vai ver que ela e legal! 😉 Ou nao; mas que ela se encaixa no item ‘o proximo’ ela se encaixa, sorry!
Perdoar – aquela professora mal-amada que humilhou seu filhinho em plena sala de aula…sim, perdoe-a, voce nao sabe da cruz que a bendita carrega, o que, em sua jornada, contribuiu para que ficasse assim, tao amarga…se voce quiser, e so basta querer, voce pode ajudar…
Ter gratidao – ‘Obrigada por essa cozinha velha, porque dessa forma posso finalmente apreciar a que eu tinha, obrigada pelo sol de rachar coco, porque agora entendo a beleza e a majestade das 4 estacoes!’
Arrepender-se sinceramente e ter vontade de melhorar, sempre! – Perdao meu Deus, por ter reclamado tando de morar em Rochester NY! rs! Prometo que se um dia eu voltar, vou voltar bem pianinho rs mas…enquanto sou simplesmente e meramente humana, naqueles 7 meses de neve caindo solto, eu acho que ainda  reclamaria … um pouquinho, bem ‘inho’…okay?! rs! Porem, se eu nunca mais voltar, quero deixar bem claro uma coisa para meus amigos que la estao, nesse momento, talvez ate pensando em mim, aqui no ‘bem bom da California’: Nem tudo que brilha e ouro! rs! Curtam a paz, o espaco, a neve, o outono, os lagos -vazios sem aglomeracao -, o Wegmans, ai o Wegmans rs, as excelentes escolas publicas, o trafego tranquilo, e, o fato de que em 20 minutos voce esta na cidade, ou no aeroporto (sossegaaadooo) ou na casa da tua amiga que mora la do outro lado da cidade rs!

Eu brinco muito mas, sou autentica! Agradeco a Deus por todos os lugares onde ja morei, foram experiencias incriveis (menos uma que nao achei nada incrivel, nao!). Estar aqui no Vale do Silicio, com certeza sera mais uma! Saudades dos outros lugares, sim, muitas. Mas a fila anda que eu sei! Entao hoje posso lhes dizer que finalmente fiz umas boas amizades, o que ja esta valendo a pena e ultrapassando o item ‘cozinha velha’ rs!

Paz ai para voces!

Adri xxxA historia da Pascoa

Eu podia voar!

Quando eu era pequena, brincava com meu primo Fernando que podiamos voar. Faziamos cola com agua e farinha e colavamos grandes folhas de jornal em nossos bracos, subiamos em cima de uma mesa velha que havia no quintal e quando pulavamos, gritavamos: ‘Geroooonimoooo!’ rs! Ah, mas antes disso, faziamos uma grande jarra de Quisuco de uva (nem sei mais como se escreve isso rs e o tal ‘cool aid’ dos EUA rs) pois era o nosso elixir da forca que nos dava super-poderes!

Minha mae sempre trabalhou mas nunca deixou de fazer um bolinho de chocolate para o nosso cafe da tarde, ou uma ‘massinha’ -farinha, sal e agua…- ou bolinhos de chuva…tudo era festa e maravilhoso. Dinheiro, naquela epoca nao era problema, problema naquela epoca era doenca, ou cachorro que sumiu, ou talvez ladrao. Dinheiro, nao vinha muito ao caso, nao se tinha e para nos, criancas, nao fazia falta nenhuma.

Quando precisavamos de dinheiro, era tipo para comprar bananas do bananeiro, que passava pela rua com uma carrocinha cheia de pencas de banana. Mas ai, meu primo e eu juntavamos nossas moedinhas que achavamos por ai, ou que nossos pais nos davam de restinho de trocos…nao era mesada, isso nem se cogitava e nos, nem conheciamos essa palavra. ‘Mesada’ seria por exemplo,  meu tio Chico’ tacando’ a mesa na cabeca do nosso primo Celio rs, isso era o maximo que podiamos imaginar rs. O Celio dava um pouco de trabalho…ou o tio era muito exigente?

Podiamos voar,  fazer motocross com bicicletas, rolar dentro de tambores e imaginar que estavamos no famoso Play Center, fazer panelinhas de argila e fazer de conta que eram brinquedos Estrela, podiamos ate voar de cipo em cipo como o Tarzan rs… medo, nao tinhamos nenhum, de nada! Podiamos tudo! Fernando e eu eramos os reis da criatividade e acao!

Hoje, eu ainda acredito que posso voar! Sim, ainda sou pequena – mal de familia- mesmo depois de 4 decadas rs! Por isso mae, eu ‘estou sempre insatisfeita’; porque eu sei que ainda vou dar mais uma decolada! Entao, tenham paciencia ai comigo (mais)!

Dicas de Doida:

Vamos fazer menos, muito menos por nossos filhos…

Vamos nos certificar que eles tem sim, tempo livre em seus ‘busy schedules’ e, contato com a natureza!

Concordam? 😉

Adri xxx

Incompetente!?

Voce sai com seu bebe e ve que suas amigas ainda amamentam e voce nao…

No parquinho…as maes tem uma mega bolsa lotada de ‘coisas’ para seus’ toddlers’, incluindo os ultimos lancamentos em copinhos, colherinhas, potinhos para ‘snacks’ que pode derrubar no chao e os marditos ‘snacks’ nao caem e, os ultimos modelos em lencinhos umidecidos…e voce esqueceu de levar simplesmente; a fralda

Na escola, os filhos dos seus amigos estao nas ‘Olimpiadas da matematica’, nos grupos A+, na ginastica olimpica, natacao, karate, esgrima, artes, piano, sanfona e os escambal…e os seus estao: na escola e uma ou duas atividades por semana o que voce, ate entao achava, estressante para ele e, para voce, principalmente!

Seu adolescente tira A e as vezes B, faz quase todas as licoes de casa, come brocolis, beterraba e ate peixe rs mas, os adolescentes dos seus amigos: so tiram A+, fazem todinha a licao, supervisionados pelos pais, nao comem cereal cheio de acucar de manha porque as tuas amigas preparam com antecedencia um cafe da manha saudavel, balanceado, com frutinhas silvestres e tudo mais!

Meu, posso falar uma coisa?! Parei! Amigas, voces estao acabando com a minha auto estima de mae! Nunca me senti tao incompetente numa posicao como na de mae! Ooo trabalho duro do caramba!

Gracas ao bom e misericordioso Deus, eu so me sinto assim quando me encontro com algumas maes, pois ha outras poucas maes que, quando as encontro, me sinto, simplesmente mulher… pecadora rs e fazendo o possivel, para honestamente educar meus filhos com amor e bons valores. O que vai alem de mim, fica nas maos de Deus.

E quer saber de mais uma coisa? Whatever! 😉

Adri xxx

Manicure…

Sexta-feira, eu acordada desde as 6:30 – Mateus sai do quarto dele e faz questao de subir em cima da gente para dizer seu doce : Bom dia!! Desce correndo da minha cama e assim acordo: ja voando, saindo de pinote atras do menino!

Depois de ‘catar’ o Mateus, fecho a porta do banheiro – sim, para prende-lo mesmo – e escovamos os dentes, lavamos o rosto, etc e tal. Pensando: delicia de sexta-feira, ele tem escolinha – segundo dia! – e eu finalmente marquei uma mani e pedi pra mim,uau uauauauau! Esta sol, o dia sera lindooooo! Escolinha comeca as 8:30, mani as 9am. Vamos correr! Acordo a galera; preparo 3 lancheiras, cafe da manha, chamo, chamo e ninguem aparece, Mateus cade? Ja sumiu de novo, la vou eu! Clara senta a mesa e esta diferente, BEM diferente…ai eu vejo: Chapinha!!!!!!!!! Nooooo! Bom, nao adianta, melhor encarar a realidade e educa-la. Ai penso: quando chegarem da escola, hoje a tarde mostro o video do youtube daquela otaria daquela menina que perdeu um chumaco de cabelo fazendo chapinha kkkk vai ser otimo!

Julia vem para a mesa depois de horas, com uma cara de: ‘Nao olhem para mim que eu mordo’! Eu na minha, penso: nao vou dar muito papo pra essa galera hoje se nao nunca chego na minha mani!!

Clara sai  e penso: Ufa! Uma ja se foi so faltam mais 3 pessoas! Clara volta: ‘Minha amiga ja foi mae, voce tem que me levar…’ Eu, num grinto neandertal involuntario…’ Naooooooooooo, nao e possivel, eu ja estou ficando atrasada! Como, como vou levar voce? Olha bem pra mim!! Ainda de pijamas! (bem que eu queria ter escrito aqui: Ainda de babydoll preto!!! Mas, nao, eu estava de pijamao xadrez ainda, daqueles estilo: Eh Natal!). Bom, enfio uma roupa por cima da outra, entro no carro e ligo radio para desestressar. Esta tocando uma musica que eu gosto e aumento o volume, e, claro canto junto…a minha filhinha, sereia se transforma numa bruxa do fundo do mar e diz, ja vermelha: ‘Mae, pelo amor, abaixa esse som e para de cantar, para, agora, mae, para!’ – Eu canto mais alto, ainda fazendo gestos para ela ‘Never mind I will find someone like youuuuuuuuuuuuhuuuuhuhuuuuu!’ E ela desce do carro sem dar tchauzinho muito menos o ‘Love you, mom!’. Vai tonta, me pede para te levar a escola mais uma vez que eu vou cantar e ‘fuscao preto’ ! -Eu, pensando secretamente rs…

Chego em casa a Ju ja foi, e so falta o husband que ja esta sumindo. Bye, love you everyone, bye, byeeeeeeeee!

Mateus e eu e no carro rumo a felicidade e ele com cara de bravinho. ‘Eu falando: a escolinha e legal, tem brinquedos, tua teacher e linda, ela adora voce!’, e ele: ‘Nao!’

Bom, chega na escolinha Mateusao fecha o tempo geral. Eu com aquela pressa da bexiga, ele grudando em mim. As teachers todas olhando e eu olho pra elas como quem diz: ‘ Meu, voces estao esperando o que? Vem aqui pegar o menino de mim, hello?!’ – Serah que pensam que ele e o meu primeiro, ou talvez segundo filho? Ai por favor! Bom, deixo o Mateusao la sem do nem piedade – eu SEI que aquilo era so manha, e que ele vai superar essa dor, que e a dor necessaria de ‘growing up’/ crescer! 🙂

Maes, eu entendo que com o primeiro filho, quando isso acontece, so de voce ouvir aquele choro enorme, o seu coracao dilacera… voce chora tambem…porem toda crianca sobrevive e sem maiores sequelas! rs! Maes e filhos tem que se separar num certo ponto, para o bem dos dois. Claro, ha os casos em que a mae tem que deixar um bebezinho na escolinha, por mais de 8 ou 10hs… sinto muito por isso, pelas muitas lagrimas que as maezinhas derramam…

Chego na manicure! Faco pe e mao e…detesto tudo, como sempre… 😦  Tem sido cada vez mais dificil para mim, lidar com disparidades sociais. Nesse salao, a dona, uma americana, as manicures, asiaticas, o que e comum aqui. Elas mal falam ingles. A mocinha, lavou meus pes, passou uma mistura aromatica de sal grosso com rosas, massageou meus  pes, maos, e mal trocamos 2 palavrinhas. Eu me senti muito mal. Eu pensava: qual a grande diferenca entre eu e ela? Eu poderia fazer por ela o que ela esta fazendo por mim… E o mesmo fio de pensamento extende-se a meus ‘cleaners’, faxineiros. Eles vem em tres, o marido, a esposa e a sogra. Eu me sinto muito mal vendo uma senhorinha limpar meus banheiros por exemplo, ou, levar o lixo la para fora. Sao Mexicanos. Por que eu tenho o direito de poder dispor desse tipo de servicos? Uma coisa e voce entender como um sistema economico funciona, outra e voce aceitar e, ainda achar bonito.

Sair para tomar um hot chocolate, enquanto o Mateus esta na escola, tudo bem; almocar com uma amiga, tudo bem. Mas, nao e so ou tudo isso que me resta. Minha missao nesse mundo e muito maior que isso, eu creio.

De qualquer maneira, estou tao grata pelo breve descanso, tao esperado! Que todas voces tambem tenham suas horinhas de ‘me time’ e que, sejam horas prazerosas e de muita paz!

love,

Adri xxx Continue reading